Não perca esta oportunidade!

Até dia 10 de abril para solicitar as Bolsas de Estudo Talento e de Assistência para Matrícula.


Projeto de bolsas anual para todos os nossos alunos e para músicos interessados em estudar em nossa faculdade.

  Boa sorte! Obs: Alunos novos só poderão aplicar no Latin Grammy, após serem aprovados no vestibular da faculdade.

Aplicação para bolsas de estudos de cursos, será a partir de janeiro de 2018

Preparem o material e aguardem abertura das inscrições. Acesse o site: www.fundacaoculturallatingrammy.com Se houverem dúvidas entre em contato com: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.


 

LATIN GRAMMY CULTURAL FOUNDATION®

NOW ACCEPTING APPLICATIONS FOR 2018 GRANT PROGRAMS

 

Four Grants with a Value of $5,000 each will be awarded to Scholars and Cultural Institutions for the Research and Preservation of Latin Music Genres Deadline to Apply is Nov. 2, 2015   MIAMI, FL (Sept. 10, 2015) – The Latin GRAMMY Cultural Foundation®announced today that it is accepting applications for its 2017 Research Grant and Preservation Grantprograms, which are designed to enhance and preserve the rich contribution of Latin music and its makers to the world's culture. Each grant program, consisting of two awards with a maximum cash value of $5,000 each, is open to music and cultural institutions, nonprofit organizations as well as individuals and scholars around the world with projects related to the research and preservation of Latin music genres. Applicants will be selected through a competitive process guided by a committee of professional experts across the Latin region. Applications are now available atwww.latingrammyculturalfoundation.comand the deadline to apply is Nov. 2, 2015, at 11:59 p.m. EST. Research Grants will support Latin music projects presented by institutions and individuals internationally. Historical Latin music research, anthropology, documentation of Latin music traditions, and Latin music folklore are encouraged.   Preservation Grants will support projects presented by institutions and individuals around the world that aim to archive and preserve the heritage of Latin music. Projects related to the Latin music culture of these 24 countries are eligible: Argentina, Bolivia, Brazil, Canada, Chile, Colombia, Costa Rica, Cuba, Dominican Republic, Ecuador, El Salvador, Guatemala, Honduras, Mexico, Nicaragua, Panama, Paraguay, Peru, Portugal, Puerto Rico, Spain, the United States, Uruguay, and Venezuela. For questions after reviewing the guidelines, please email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Earlier this year, the Latin GRAMMY Foundation awarded four noteworthy projects with a $5,000 grant to assist the organizations' efforts of furthering their respective missions and objectives. The recipients of the first grants were The New Sounds Of Marimba (Cali, Colombia); Bullerengue Universal (New York); Aumbata:, All Voices (Santo Domingo, Dominican Republic); and Preserving The Puerto Rican Hellfighters' Music Legacy (New York).. The Latin GRAMMY Cultural Foundationwas established by The Latin Recording Academy® to promote international awareness and appreciation of the significant contributions of Latin music and its makers to the world's culture, and to protect its rich musical legacy and heritage. The Foundation's primary charitable focus is to provide scholarships to students of Latin music with financial needs, as well as grants to scholars and organizations worldwide for research and preservation of diverse Latin music genres. For additional information, please visit us atLatin GRAMMY Cultural Foundation, or join us on Twitter and Facebook.   Thank you for your interest in the Latin GRAMMY Cultural Foundation! Gracias por su interés en la Fundación Cultural Latin GRAMMY! Obrigado pelo seu interesse na Fundacao Cultural Latin GRAMMY! www.latingrammyculturalfoundation.com www.fundacionculturallatingrammy.com www.fundacaoculturallatingrammy.com  

 


 

BOLSAS DE ESTUDO 2017

Não perca esta oportunidade!

  7 alunos do Souza lima já ganharam e o próximo pode ser você!  

Projeto de bolsas anual para todos os nossos alunos e para músicos interessados em estudar em nossa faculdade.

  Boa sorte! Obs: Alunos novos só poderão aplicar no Latin Grammy, após serem aprovados no vestibular da faculdade.

Aplicação para bolsas de estudos de cursos, será a partir de janeiro de 2016

Preparem o material e aguardem abertura das inscrições. Acesse o site: www.fundacaoculturallatingrammy.com

Se houverem dúvidas entre em contato com:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 


 

Ganhadores da Bolsa de Estudos Grammy 2017:

 

 BRENO FERRARI ROCHA

BRENO FERRARI1Ingressar na faculdade Souza Lima foi um divisor de águas na minha vida. Tive a indicação de um grande músico e professor, chamado Rodrigo Salgado, que me direcionou aos estudos do Jazz e da música brasileira. Foi na faculdade que comecei a ter oportunidades como músico, bem como a oportunidade de conhecer instrumentistas que fazem parte da história da música brasileira e mundial. Venho de Brasília e posso dizer que a minha mudança para São Paulo a fim de estudar na faculdade Souza Lima apenas ampliou meus horizontes, no que se diz respeito a conhecer musicistas e viver no cenário musical mais interessante do Brasil. A bolsa de estudos do Latin Grammy acabou sendo uma consequência de tudo que tenho vivenciado. Fiz grandes amigos e com essas amizades veio muita motivação e esforço. Aqui, encontrei inspiração e pessoas com as quais posso trocar ideias musicais e de vida.  

CÉSAR AUGUSTO ARANGUIBEL MOLANO

  CESAR AUGUSTO1Nascido na Venezuela, em uma família onde a arte sempre esteve presente no dia a dia,  comecei meus estudos musicais no violino, aos 7 anos de idade. À partir desse momento me encantei com a música e fui migrando para outros instrumentos até chegar no piano, passando por sax, bateria e baixo. Me mudei para o Brasil em agosto de 2008, onde comecei a fazer o curso livre do Souza Lima Alphaville, mas só em 2014 entrei na Faculdade Souza Lima Jardins. Em 2012 fui aceito no departamento de World Music na Faculdade Codarts de Rotterdã, Holanda, onde tive um influência gigantesca da música turca, flamenca e tango argentino. Tive também a oportunidade de cursar um semestre de piano erudito no Conservatório de Tatuí.  

 

 

CAMILA RONZA

camila ronza

 ATUALMENTE 

Cantora de jazz e música brasileira. Recém formada na Faculdade Souza Lima, bacharel em Canto Popular com a professora Andréa dos Guimarães e Cyndi Borgani e anteriormente, no Conservatório com o professor Rafael Dantas especializado em técnica para musical. 

Fez aulas com o preparador vocal Wagner Barbosa, Isabeh, Lenine Santos  e com a fonoaudióloga Silvia Pinho. Atualmente é integrante do Coral Jovem do Estado de São Paulo, integrante do grupo vocal e de percussão corporal da cantora moçambicana Lenna Bahule.

Faz aulas de canto com Joana Mariz, Doutora em performance vocal pelo Instituto de Artes da Unesp, e aulas de improvisação com o pianista do Hermeto Pascoal, André Marques.

Histórico recente 

Em janeiro de 2017 recebeu o certificado do 5o módulo da oficina de música corporal dirigida e desenvolvida pelo fundador e diretor musical do grupo Barbatuques, Fernando Barba.

Em outubro de 2016 participou da turnê com o tenor italiano, Andrea Boccelli em São Paulo, Aparecida e Curitiba junto ao Coral Jovem do Estado.

Em outubro de 2016 e durante o ano de 2017 participou dos shows como integrante do grupo vocal Nômade, dirigido pela cantora e compositora Lenna Bahule, no Sesc Santo Amaro, Belenzinho, Pinheiros e outros.

Em novembro de 2016, também com o Coral Jovem do Estado participou da turnê do Festival Sesc de Música de Câmara em São Paulo, Santos e Sorocaba junto com a cantora e harpista suíça, Arinna Savall.

Em 2015 participou da obra Carmina Burana de Carl Orff na Sala São Paulo junto ao Coral Jovem do Estado.

Foi convidada a participar do festival IASJ na Cidade do Cabo na África do Sul dirigido pelo saxofonista David Liebman. Também participou do festival Painel instrumental em Tatuí tendo aulas de improvisação para cantores com o professor André Marques, pianista. Ambos em 2014.

Fez aulas de interpretação de palco com o Professor Rafael Dantas em 2012 e se formou no Coro Juvenil da OSESP em 2013.

 

DANIEL TENES  

  daniel tenesAos quatro meses de idade, Daniel já parecia saber do que gostava, assistia shows na maior parte do tempo que estava acordado.

Aos oito meses de idade, pegava as baquetas da forma correta (com as pontas para cima) e com um ano de idade ganhou sua primeira bateria, desde então seu interesse foi aumentando a cada dia.

Aos 2 anos de idade, apresentou-se acompanhado do seu pai (Quinzinho Oliveira - trompetista) para uma platéia de 2000 pessoas, a partir desse evento,  foi chamado para apresentar-se em várias emissoras da televisão brasileira.

Começou efetivamente os estudos de bateria aos 4 anos de idade, na Free Music Escola Livre de Música, escola de seus pais.

 Ao completar 5 anos fez sua primeira gravação em estúdio, gravou uma música composta  por seu pai, no Cd Vitoria (intitulada Vitoria).

Aos 11 anos de idade, entrou  para EMESP (Escola Municipal do Estado de São Paulo Tom Jobin), passando em primeiro lugar em uma concorrência  de  400 inscritos, teve aula com o professor José Carlos (Baterista e percussionista da Banda  Sinfônica do Estado de São Paulo).

Desde 13 anos, estuda com a professora Lilian Carmona (importante baterista do cenário brasileiro), professora conceituada, formada pela Berklee College of Music.

Em 2015 ingressou seus estudos no Conservatório Souza  Lima , fazendo aulas praticas,  teóricas e práticas de conjunto. 

Trabalhos:

 . Gravou o Cd Expressão com  seu  pai Quinzinho Oliveira.

. Gravou o Cd e DVD Caminhos (MPB) de Vitoria Silvestre, uma produção de Quinzinho Oliveira. 

Atualmente faz parte de uma banda de música instrumental, juntamente com seu pai Quinzinho Oliveira e seu irmão Gustavo Tenes de Oliveira, apresentam-se em shows e bares de SãoPaulo, entre eles o Jazzb, bar que tem um importante papel no cenário do Jazz Brasileiro. 

- É professor de bateria na Free Music Escola Livre de Musica

 

GUSTAVO MIORIM

  gustavo morimNasci em Sorocaba e cresci em Mairinque, interior de SP, onde tive meus primeiros contatos com a música, através da igreja que minha família frequentava. Aos 8 anos me tornei baterista da mesma. 

Sem muitos recursos e sem acesso à educação musical, iniciei no meu instrumento como autodidata, mas sempre sonhei em estudar e seguir a carreira como músico profissional. Trabalhei em inúmeros lugares, de garçom a inspetor de escola, para bancar os meus estudos, e entrar para a Faculdade Souza Lima foi o grande marco para uma fase de muitas realizações, dentre elas a honra do reconhecimento de ser um dos bolsistas do Latin Grammy. O contato com alguns dos maiores músicos do país e a atmosfera musical que vivo são o grande combustível e a grande inspiração para seguir nos estudos mantendo o foco e o objetivo.

 

 

HERBERT LUCAS

  herbert lucasHerbert Lucas, músico saxofonista soprano, alto e tenor, iniciou os seus estudos em música aos 13 anos no um projeto social “GURI” na periferia da Zona sul de São Paulo com o instrumento saxofone tenor. Estudou após esse período saxofone popular na instituição “Emesp Tom Jobim - SP”, onde estuda atualmente.

Formado em 2015 pela Escola de música do “Auditório Ibirapuera” com os professores Douglas Braga e Nailor Proveta com base no estudo erudito e brasileiro do saxofone. Participou de festivais importantes de música pelo Brasil em ao longo de sua jornada musical como: Festival de saxofone de Tatuí -SP, “CIVEBRA”-Brasília - DF, Festival de Saxofone - SP”, Sax Fest - SP e

entre outros, em sua maioria como bolsista pelo empenho musical demonstrado.

Vencedor do prêmio “Talentos do Jazz Savassi 2014” em Belo Horizonte - MG com o grupo:

“Mana Quinteto”, semifinalista do “Concurso Internacional de jazz “Vitor Assis Brasil” edição 2015 realizado em Brasília - DF, Finalista do “Concurso Internacional para quarteto de saxofones clássico 2015” realizado em brasília - DF, com o grupo “Quarteto Saxofonando”, finalista do “Prêmio Nabor Pires Camargo” edição 2016 com o grupo “Quarteto Saxofonando”.

Em 2017 ingressou no curso de bacharelado em música na instituição

“Faculdade Souza Lima” onde foi contemplado com a bolsa “Latin GRAMMY Cultural Fundation”.

Já gravou com músicos de renome no cenário da música brasileira como “Nailor Proveta”, Edson Alves”, Toninho Carrasqueira”, “Itamar Collaço”, Rildo Hora e entre outros.

Membro dos grupos: “Quarteto Saxofonando”, “Orquestra Jovem Tom Jobim”, “Sexteto São Paulo”, também desenvolve o projeto “Sons que faço” voltado a música instrumental de duos do saxofone.

Como solista, interpretou a obra de Villa-Lobos “Fantasia” 1° movimento para saxofone soprano com o grupo “Ensemble de saxofones de São Paulo” sob a regência do músico compositor “Douglas Braga”.

 

 


 

Ganhadores da Bolsa de Estudos Grammy 2016:

 

 BRENO FERRARI ROCHA

BRENO FERRARI1Ingressar na faculdade Souza Lima foi um divisor de águas na minha vida. Tive a indicação de um grande músico e professor, chamado Rodrigo Salgado, que me direcionou aos estudos do Jazz e da música brasileira. Foi na faculdade que comecei a ter oportunidades como músico, bem como a oportunidade de conhecer instrumentistas que fazem parte da história da música brasileira e mundial. Venho de Brasília e posso dizer que a minha mudança para São Paulo a fim de estudar na faculdade Souza Lima apenas ampliou meus horizontes, no que se diz respeito a conhecer musicistas e viver no cenário musical mais interessante do Brasil. A bolsa de estudos do Latin Grammy acabou sendo uma consequência de tudo que tenho vivenciado. Fiz grandes amigos e com essas amizades veio muita motivação e esforço. Aqui, encontrei inspiração e pessoas com as quais posso trocar ideias musicais e de vida.  

CÉSAR AUGUSTO ARANGUIBEL MOLANO

  CESAR AUGUSTO1Nascido na Venezuela, em uma família onde a arte sempre esteve presente no dia a dia,  comecei meus estudos musicais no violino, aos 7 anos de idade. À partir desse momento me encantei com a música e fui migrando para outros instrumentos até chegar no piano, passando por sax, bateria e baixo. Me mudei para o Brasil em agosto de 2008, onde comecei a fazer o curso livre do Souza Lima Alphaville, mas só em 2014 entrei na Faculdade Souza Lima Jardins. Em 2012 fui aceito no departamento de World Music na Faculdade Codarts de Rotterdã, Holanda, onde tive um influência gigantesca da música turca, flamenca e tango argentino. Tive também a oportunidade de cursar um semestre de piano erudito no Conservatório de Tatuí.  

 

 

OSCAR ANDRES QUILCA BARCELLI

OSCAR ANDRES1Iniciar meus estudos no Souza Lima foi um sonho realizado. Nos dois anos que eu estive lá, aprendi muito sobre a música e a vida. Eu tive a oportunidade de estudar com incríveis professores que me ensinaram praticamente tudo o que eu sei até agora e sou muito grato por isso. Além disso, eu conheci alunos que são incríveis músicos com muita humildade e que também me ajudaram bastante no meu desenvolvimento como músico. Com todo o aprendizado no Souza Lima eu consegui uma bolsa para estudar na Berklee College Of Music e também outra bolsa outorgada pela Fundação Cultural Latin Grammy. Eu estou agradecido com todos os que me ajudaram a conseguir aquilo, especialmente a minha família e ao Prof. Carlos Ezequiel, que foi meu professor de bateria esses dois anos e me ensinou a ser disciplinado com tudo o que faça na minha vida.  

 

GERMAN SCHEUFLER

  GERMAN SCHEUFLER-1Sou um baixista mexicano que se disfarça de brasileiro, tenho 23 anos e comecei formalmente meus estudos no Souza Lima há 3 anos atrás. Cheguei com muito amor pela música, mas perdido em como estudá-la, em gêneros como Jazz e música brasileira. Em 2 anos com a paciência e dedicação de professores incríveis e colegas maravilhosos, consegui aplicar para a Berklee College of Music, onde ganhei uma bolsa de estudos. Após um semestre na Berklee apliquei para a bolsa Latin Grammy e consegui uma grande ajuda econômica por parte deles. Agradeço de coração aos professores que me viram tocar bossa nova que nem rock e não desistiram de me ensinar, à alunos extremadamente talentosos que me deram dicas de como melhorar, à secretaria que sempre estava lá para mim com um sorriso, e ao Latin Grammy por confiar em mim e ajudar a pagar meus estudos! Nunca desistam dos seus sonhos ainda que você os veja inalcançáveis, o amor pela sua paixão te levará até onde você deixar!  

 

GUSTAVO BENEDETTI

  GUSTAVO-BENEDETTI1Sou aluno do Souza Lima há quase seis anos, passando pelo conservatório e pela faculdade. Agora que estou finalizando o curso, pude ganhar a bolsa do Latin Grammy, o que serviu como uma conquista final de reconhecimentos que aqui tive. Além de ter representado o Brasil ano passado no IASJ, hoje estou tocando com alguns dos maiores nomes da música de São Paulo, sendo alguns deles os professores da faculdade. Esses que, junto a mim, sempre me colocaram na posição de alcançar tais possibilidades, e acreditaram e acreditam no potencial dos músicos que realmente querem ser relevantes no cenário e na vida.  

 

 


Ganhadores da Bolsa de Estudos Grammy 2015:

Alunos do Souza Lima ganham bolsa de estudos da Fundação Cultural Grammy

 

 Em comemoração ao 15º Aniversário do Grammy, foi criada a Fundação Cultural Grammy com objetivo de fomentar a música latina, através da concessão de prêmios em três áreas que, resumidamente, são: 1- bolsas de estudos a músicos latinos, 2- ajudar no financiamento de pesquisa na área de música latina e 3- ajuda financeira a instituições musicais carentes. Em 2015, houve o processo seletivo, onde foram oferecidas vinte bolsas de estudos a alunos de música da America Latina, destas, sete foram conquistadas pelos alunos da Faculdade de Música Souza Lima Ensino de Música, sendo eles: Mauro Oliveira, aluno de saxofone, Rodolfo Guilherme, trompete, Rafael Abdala, baixo, Renato Alves, guitarra, Diego Pereira, bateria, Mirella Costa, canto e Joabe Reis, trombone. Foram seis bolsas no valor de 10 mil dólares cada e uma bolsa especial para Mirella Costa (canto) estudar na Berklee, no valor de 25 mil dólares. “A Fundação paga o curso de música diretamente à instituição e pode ser renovada anualmente”, explica o Presidente do Souza Lima Ensino de Música, Antonio Mario Cunha. “A ideia agora é formar a banda SL Grammy Latino, fazer alguns shows e os alunos serão embaixadores do Grammy e do Souza Lima”, diz Antonio Mario. Além disso, este projeto será levado às escolas do CLAEM com o objetivo de beneficiar mais alunos da America Latina. Agora,  anualmente todos os alunos da Faculdade de Música Souza Lima serão convidados a aplicar no projeto. O fato da instituição já ser reconhecida nacional e internacionalmente por sua excelência em educação musical e o talento dos músicos brasileiros, dá aos alunos ótimas chances de se beneficiar das Bolsas de Estudo oferecidas pela Fundação  Cultural Grammy. A nova parceira com a Associação de Ensino Superior de Música que oferta, há mais de dez anos, bolsas de estudo parciais e integrais para músicos talentosos brasileiros e latinos na Faculdade Souza Lima, este projeto será com certeza um sucesso. “Aproveitem essa oportunidade muito importante para o crescimento musical e cultural dos estudantes brasileiros e latinos”, finaliza Antônio Mário.

Depoimento dos alunos


Mauro Oliveira, saxofonista - Divulgação“Desde quando eu terminei meus estudos na EMESP, comecei a pesquisar qual seria a melhor escolha para o curso de Música Popular – Bacharelado em Saxofone. Como todos sabem, a experiência prática na música conta muito e isso foi levado em consideração na minha escolha pela Faculdade Souza Lima. O corpo docente da escola tem os melhores professores. A minha gratidão com a Faculdade começa por ser um dos alunos bolsistas e, agora, como vencedor da Bolsa Grammy isso só aumenta. Agradeço a todos os professores pelo conhecimento compartilhado, em especial a Vitor Alcântara, meu professor de saxofone, e ao Lupa Santiago o Coordenador do Curso.” Mauro Oliveira, saxofonista. 


Rodolfo Guilherme, trompetista - Divulgação“Quando escolhi cursar a Faculdade Souza Lima, estudei ainda com mais vigor, pois precisava ganhar uma bolsa de estudos para ter condições de me matricular. E assim se fez… Conquistei uma bolsa que me possibilitava pagar parte da mensalidade do curso. Ser premiado com a bolsa de estudos do Latin GRAMMY Cultural Foundation, foi uma surpresa e um presente indescritível. Presente este que me dará  a possibilidade de continuar a caminhada dos estudos nesta instituição que me identifiquei tanto. Aqui, no Souza Lima, estou em contato e estudando com parte dos melhores músicos/instrumentistas que nosso Brasil possui.  E isso aumenta muito a possibilidade de maior aprendizado e estar dentre esse músicos ¨ativos¨ no mercado de trabalho e no cenário musical. Tenho certeza que muitas pessoas gostariam de ter ganho uma bolsa como esta, inclusive eu… Assim, por tamanha honra em ter sido premiado, me comprometo sempre mais e mais me dedicar aos estudos e à música." Rodolfo Guilherme, trompetista.



Rafael Abdala - Contrabaixo"Sou contrabaixista e compositor, natural de Três Lagoas-Ms. Uma cidade no interior do país, onde a informação didática-musical era muito escassa. Há 14 anos, me mudei em busca de conhecimento e formação musical. Há seis anos em São Paulo, trabalho constantemente como free lance e em grupos de música instrumental, bem como com meu trabalho instrumental. Quando resolvi buscar uma graduação em música, o primeiro nome que me veio foi o Souza Lima, onde onde curso atualmente o quarto semestre como aluno bolsista (bolsa músico). A escolha por esta instituição deu-se pelo fato de que no quadro docente  encontramos grandes professores e  músicos atuantes no cenário paulistano, nacional e internacional." Rafael Abdala, contrabaixista. 

 

Renato Alves, guitarrista - Divulgação“Entrei na Faculdade Souza Lima no ano de 2014 por indicação de dois grandes músicos e amigos, Paulinho Alves e Glécio Nascimento. Eu fiz o teste e consegui uma bolsa de estudos que foi suficiente para dar início aos meus estudos acadêmicos. Nesse ano fiz as práticas de banda dos professores André Marques, Nenê e Daniel D’Alcântara e foi muito satisfatório, tanto quanto as aulas teóricas, pude rever muita coisa que havia estudado por outra perspectiva e agora com mais propriedade, sendo bolsista pude participar da big band da faculdade, também realizei alguns trabalhos e eventos pela instituição. A bolsa Grammy veio na hora certa, depois de um ano de muito estudo e dedicação à música e ao instrumento, foi muito bom para saber que realmente vale a pena dedicar a vida aos estudos e ao aprendizado, o universo responde a favor e assim podemos colher o fruto do que plantamos.” Renato Alves, guitarrista.

 

Diego Nascimento, baterista - Divulgação “Sou baterista nascido em Guaratinguetá – SP, tenho 26 anos, e estudei bateria um ano e meio no Conservatório de Tatuí, quando então decidi procurar um ensino superior para carreira acadêmica. Desde que iniciei meus estudos na Faculdade Souza Lima, no programa de alunos bolsistas, meu foco sempre foi o estudo e desenvolvimento da música como ciência. A partir da convivência com grandes mestres que fazem parte do corpo docente da Faculdade Souza Lima, pude ter experiências musicais maravilhosas, integrar o Trio Choro Moderno, com o professor Pedro Ramos e o violonista Paulo Ramos, além de ter feito duas viagens para a Europa representando o Brasil. Com essa conquista adquirida pela meu esforço e seriedade com a música, vou conseguir me dedicar integralmente aos estudos formais e planejar a continuidade da minha formação. A bolsa da Fundação Latin Grammy é sem dúvida um marco na minha carreira acadêmica.” Diego Pereira, baterista. 
 

 


Mirela Costa, cantora - Divulgação

“Mirella Costa, 24 anos, cantora, pernambucana. Eu sou muito feliz por saber que Deus colocou em mim o tesouro da música e que a medida que eu sonho Ele realiza. Foi assim desde o dia q sonhei em vir para o Souza Lima. Estar no Souza como bolsista e ter sido introduzida a música  brasileira e ao Jazz, ter estudado e conhecido pessoas maravilhosas, professores incríveis, amigos inesquecíveis, é impagável! Sou muito grata porque através  do Souza muitas  portas foram abertas e pude aprender muita coisa e sonhar mais alto. No começo do ano, eu apliquei para a Berklee College of Music ganhei  uma bolsa para estudar lá e também fui contemplada com a Maior bolsa de estudos que o Grammy Latino deu esse ano para estudantes de música  da América  Latina e Espanha. Estou RADIANTE de felicidade de poder somar essas duas bolsas e ter bolsa integral para a Berklee. Isso me faz lembrar como é importante sonhar e ter FÉ." Mirela Costa, cantora.



Joabe Reis, trombone - Divulgação“Hoje mora em São Paulo-Brasil, cursa bacharelado em trombone pela Faculdade de Música Souza Lima & Berklee (SP), desde de 2013, quando ingressou na Faculdade sendo aprovado na primeira fase, através da prova que garante bolsas de estudos, que a Faculdade oferece antes do vestibular, posteriormente, foi aprovado também no vestibular da mesma. Nessa mesma instituição, foi instruído a presta a prova para o projeto de bolsas do Latin Grammy Cultural Foundation, associação na qual seleciona estudantes de música de grande destaque de diversos países, sendo um dos alunos aprovados. A Faculdade de Música Souza Lima é uma das instituições de ensino mais séria do país. Referencial para estudantes de música e profissionais da área que procuram aprimorar seus conhecimentos e buscam fazer o curso de graduação em música popular numa instituição, em que os professores, além de um auto conhecimento musical, atuam no mercado em diversos lugares do país e exterior, e que ao longo dos anos vem preparando os seus alunos também para o mercado de trabalho, festivais e concursos por todo mundo, sempre com um grande índice de aprovações de seus alunos.” Joabe Reis, trombone.


Veja também:  http://www.latingrammy.com/pt/recording-academy/press-release/funda-o-cultural-latin-grammy-concede-us600-mil-em-bolsas-de-estudo